Páginas

quinta-feira, março 17, 2011

Interminável


Quero sentar na beira do mar e ver o tempo
passar,ver o sol se por entre as águas,ver a lua
nascer e com ela trazer as estrelas.

Quero conta-las uma a uma sem perder a conta
quero descobrir o que tem desenhado na lua,ver
as nuvens tomar formas até formar uma tempestade.

Será o as nuvens são feitas de açúcar como algodão
doce,será que a lua é de queijo,será o melhor beijo é o
primeiro.

O dia vai passar a noite vai chegar e tudo vai continuar
do jeito que está nada muda nem vai mudar o mundo gira
gira e não vai pra frente.

E nunca irá,nem nos mesmos andamos pra frente o mundo
gira e agente gira com ele também é tudo na vida é como uma
roda que não sai do lugar.

Agente corre pra nunca alcançar é uma busca interminável, é
como o vento que corre o mundo todo mas sempre volta pro mesmo
lugar então aprenda uma coisa não importa onde você chegar se não
souber amar.