Páginas

sábado, março 12, 2011

Vaga imensidão


Com tanta beleza no mundo eu não consigo
controlar meu coração que ama amar o que é belo
seja do mas singelo sorriso a um olhar ou
até mesmo um lindo corpo,as vezes me pergunto
se sou errado por isso e a resposta que tenho em
mim é,não sei.

Nem sempre faço o que parece ser certo mas nem sempre
o que é certo me faz feliz esta contenda que há em mim me faz
lutar contra mim mesmo que nem sempre sei se quero saber,apenas
faço por fazer e nem sempre por querer,então se eu estiver errado.

Venha sobre mim com os teus ensinamentos e me faça aprender
direito porque por mim não sei,se sei, se estou certo e não sei se quero
saber se estou errado.

A vida é tão bela e que todas as belezas venham sobre mim para que minha
vida seja tão bela como um sorriso sincero,como um olhar provocante,como um
movimento sensual ou até mesmo como um olhar perdido em uma vaga imensidão.

Quero não querer entender mas amo não querer deixar de saber isso me motiva a uma
imensa busca sobre o que sou e o que quero ser,uma incansável busca pois sempre
descubro que mudo a cada segundo que me deparo com algo que é belo.

Meu coração dispara e eu não sei como explicar será que só eu consigo ver que a
beleza é mas que físico,será que o beijo apaixonado é melhor do que o sem compromisso,a
beleza vaga sobre nos mas as vezes não à olhamos mas ela está ali presente basta você abrir os olhos