Páginas

quinta-feira, junho 23, 2011

Já não vejo


Hoje meu coração chora por não te ver
aqui,não te ter ao meu lado me torna fraco,
seu cheiro se perdeu de mim e sinto a falta
dele me acalmar.

Me jogo no mar e deixo ele me levar pro
horizonte distante de tudo,seguro na tua
mão e me deixo levar.

Já não vejo a beira do mar onde será onde
eu vou parar nesse mar profundo dentro de mim
e assim vou nadando contra as correntezas tendo
a certeza que a tempestade vai passar.